Booming Tech Hub LOGO

Toolbox

Recursos, dicas e dados relevantes do mercado de investimento em startups;

disponibilizados quinzenalmente para auxiliar você.

Navegação

Como atrair os primeiros clientes da sua startup

Entenda como chamar a atenção do seu consumidor ideal para dar início às vendas da sua startup enquanto conquista uma base sólida de clientes.

Primeiros clientes

Hoje em dia, nada é fácil para quem está começando. Com tantas opções e novas tecnologias surgindo diariamente no mercado de startups, ter uma boa ideia não é mais o suficiente para se destacar.

Buscar por clientes, na sua lista de amigos e familiares é comum e pode até funcionar, mas por pouco tempo. Em outras palavras, se um empreendedor deseja desenvolver sua operação, atrair investidores e atingir o momento de breakeven, é fundamental se expor ao seu público-alvo. 

Quem inicia uma startup costuma se sentir receoso de expor sua marca num mercado tão competitivo. Entretanto, atrair os primeiros clientes de forma eficaz não é uma tarefa impossível. É importante ter em mente que o planejamento ocupa um grande espaço dentro de uma estratégia de vendas. 

Nesse sentido, é preciso considerar as ações necessárias para atrair, engajar e fidelizar os clientes. Estas ações têm preço, por isso é importante ter um plano financeiro bem estruturado que delimite um bom orçamento para Marketing e Vendas. Seja como for, a empresa deve agir estrategicamente para estar presente em todas as etapas da jornada do consumidor.

 

5 dicas para atrair os primeiros clientes da sua startup

Separamos alguns passos que vão guiar o caminho para encontrar os seus early adopters. Confira abaixo:

 

1. Define seu público-alvo e persona.

Fica muito difícil vender para o seu cliente se você não sabe quem ele é. Por isso, além de estudar o seu público-alvo (definindo os dados demográficos da sua clientela), é preciso identificar a sua persona ideal. 

Você deve levantar algumas perguntas para entender como o seu público enxerga sua solução. “Onde meus clientes estão online?”, “Quais são as suas dores, desejos e receios em relação ao meu produto ou serviço?”.

Assim, você terá uma compreensão profunda de para quem você está vendendo, quais são as suas carências e como a sua startup pode saná-las. Esta é uma das estratégias mais usadas e eficazes dentro do Marketing.

2. Conheça seus concorrentes.

Tanto quanto entender quem são os seus primeiros clientes, é necessário conhecer a concorrência e o mercado em que se atua como um todo. Partindo da premissa que para atrair clientes em um mercado competitivo, se destacar é fundamental, observar a concorrência costuma ajudar muito nesse processo.

Levantar todos os riscos e ameaças apresentadas pela sua competição permite identificar os pontos fracos da sua startup. De maneira idêntica, também permite apontar o que está faltando no mercado e compreender se há a oportunidade de inovar. 

Às vezes um pequeno ajuste ou funcionalidade extra pode transformar o seu produto ou serviço na solução que seu cliente sempre sonhou.

3. Ocupe espaço no digital.

As plataformas digitais são parte da rotina de uma porcentagem significativa dos brasileiros e um canal eficiente para se comunicar com os clientes. Por isso é essencial que elas façam parte do seu planejamento para atrair consumidores. 

Cheque quais redes a sua persona costuma usar, seja o Tik Tok, Instagram, Twitter, Facebook ou outros. A melhor forma de garantir visibilidade para sua solução é estar lá. Foque na interação com o cliente e em construir uma comunidade sólida através das redes. Isso exigirá tempo e dedicação, mas ao final, você terá uma base sólida de clientes.

4. Faça ofertas e ofereça benefícios.

Quem não gosta de uma promoção? Essa é uma das estratégias mais consolidadas para atrair clientes, especialmente quando eles ainda não conhecem seu produto ou serviço. 

Ofereça descontos, benefícios específicos, testes gratuitos por um período de tempo limitado, entre outros. Agora, o foco deve ser chamar atenção do consumidor. Além disso, aproveitar períodos comemorativos pode gerar um bom argumento de vendas.  

Essa ação auxilia na fidelização da clientela e no posicionamento da sua marca. Realizar premiações e programas de fidelidade também pode colaborar neste momento. Entretanto, para se esquivar de prejuízos, as ofertas devem ser feitas considerando o planejamento financeiro da startup.

5. Atue em parceria.

Fazer parcerias estratégicas com empresas que atuam na mesma área ou segmentos congruentes é uma ótima forma em que uma startup pode se tornar atrativa para o seu público-alvo. 

Ao interagir com negócios parceiros, há a chance de oferecer produtos ou serviços que se complementam, garantindo benefícios únicos e uma experiência satisfatória ao cliente. 

Contudo, é preciso ter em mente que para efetuar parcerias comerciais os objetivos da sua organização devem ter sinergia com o da outra empresa. Deve-se examinar com cautela como a parceria vai ser comunicada e como os produtos/serviços serão entregues.

Em suma, quando o cliente busca pelo produto da empresa parceira ele também encontrará o seu, o que tende a melhorar muito os resultados de vendas.

Logotipo da Booming Tech Hub

Contatos

 

Equipe Booming.

13/10/2021
Inscreva-se em
nossa newsletter

    Logotipo da Booming Tech Hub

    Contatos

    (21) 2505-2500
    contato@booming.vc

    R. do Carmo, 71 – Centro
    Rio de Janeiro – RJ, 20011-020